Quanto custa viver em Inglaterra?

Afinal de contas quanto custa viver na Inglaterra?

Estes são os valores mensais (podem ser variáveis) na MINHA zona:
Renda: £600
Internet + Tlm: £60
Council Tax: £120
TV Licence: £154.50 (anual)
Supermercado: £300 (para duas pessoas)

Não é nada fácil nem simples fazer as malas e vir viver para Inglaterra. Há muitas coisas que é preciso ponderar e é preciso planear muito! Eu não fiz nada disso, mudei-me para casa de um conhecido, sem muito dinheiro no bolso, o meu inglês não era nada de especial e não tinha nenhum emprego em vista. No início passei muito mal e por isso mesmo eu aconselho todas as pessoas que pensam vir para cá a fazer o trabalho de casa e a ter toda uma preparação (que eu não tive).

O grande motivo de ter conseguido dar a volta por cima não foi por sorte! Eu tive que fazer a minha própria sorte. Sempre trabalhei muito, abdiquei de muitas coisas no início e sempre me esforcei ao máximo para tudo isto dar certo. Se eu hoje posso dizer que vivo confortável é graças a todo o meu esforço e dedicação porque aqui, nada cai do céu.

Algo que eu preciso mencionar aqui é o arrendamento das casas. Aqui eles pedem referências de senhorios que vocês tiveram anteriormente mas se vocês estão à procura da primeira casa e não têm referências, os landlords podem pedir 3 meses de renda adiantada, o que é uma quantia gigante para quem acabou de chegar. Também é preciso vir prevenido para pagar as taxas das agências (mas também podem arrendar a privados) e o depósito que pode ser no valor de uma a duas rendas. Este valor do depósito é devolvido quando vocês saem da casa e a casa está exactamente como quando vocês chegaram (aconselho a tirarem fotos a tudo).

♥ PROJETO PORTUGUESAS PELO MUNDO:

Este projecto foi criado entre youtubers com o objectivo de partilhar informações, curiosidades e experiências pessoais sobre os países onde vivemos.

‣ Neuza (Tailândia): https://bit.ly/32y1KWB
‣ Ana (Estados Unidos): https://bit.ly/2LqoYJa
‣ Cátia (Estados Unidos): https://bit.ly/2SqGuh8
‣ Virgínia (Qatar): https://bit.ly/2YZERsY
‣ Rita (Inglaterra): https://bit.ly/2xVth6t

♥ MAIS VÍDEOS SOBRE INGLATERRA:
‣ Viver em Inglaterra: https://bit.ly/2xVrU7P
‣ Inglaterra Assombrada: https://bit.ly/32y1BCx

Anúncios

Vantagens de viver fora de Londres

Eu acho que uma das coisas que me faz gostar de Inglaterra é o facto de eu não viver em Londres. Eu gosto de Londres para passear, visitar museus ou ir às compras mas para morar eu continuo a preferir um local mais calmo e com natureza à volta.

Porque escolhi viver em Inglaterra

É com muito gosto que vos apresento o projecto Portuguesas Pelo Mundo. Este projecto foi criado entre youtubers com o objectivo de partilhar informações, curiosidades e experiências pessoais sobre os países onde vivemos.

Nem acredito que já passaram 4 anos desde que eu me mudei para Inglaterra. Já evoluí tanto, tanta coisa mudou na minha vida e hoje em dia são as coisas simples que me fazem apaixonar por este país todos os dias.

♥ Conheçam as outras meninas do projeto PORTUGUESAS PELO MUNDO:
‣ Neuza (Tailândia): https://bit.ly/32y1KWB
‣ Ana (Estados Unidos): https://bit.ly/2LqoYJa
‣ Cátia (Estados Unidos): https://bit.ly/2SqGuh8
‣ Virgínia (Qatar): https://bit.ly/2YZERsY
‣ Rita (Inglaterra): https://bit.ly/2xVth6t

♥ Mais vídeos meus sobre a Inglaterra:
‣ Viver em Inglaterra: https://bit.ly/2xVrU7P
‣ Inglaterra Assombrada: https://bit.ly/32y1BCx

20 países menos visitados na europa

Numa Europa onde temos cidades super povoadas por turistas por vezes a ideia de escolher uma cidade menos visitada torna-se bastante apelativa. Neste artigo está uma lista regressiva das cidades com menos visitas por ano.

countries-in-europe-estonia
Estónia

Locais a visitar: Tallinn Old Town, Toompea, Lahemaa National Park, Kadriorg Palace, Aegna…
Turistas por ano: 2,868,000

countries-in-europe-albania
Albania

Locais a visitar: Rozafa Castle, Krujë Castle, Skanderbeg Square in Tirana, ruined city of Apollonia, Durrës Amphitheatre…
Turistas por ano:  2,857,000

travel-to-cyprus-europe
Chipre

Locais a visitar: Paphos, Fig Tree Bay, Tombs of the Kings, St. Hilarion Castle, Konnos Bay…
Turistas por ano:  2,405,000

andorra-tourism-europe
Andorra

Locais a visitar:  Lagos de Tristania, Soldeu el Tarter, Naturlandia Nature Park, Coma Pedrosa Community National Park, Lake Engolasters…
Turistas por ano:  2,335,000

slovenia-tourism-europe3
Eslovénia

Locais a visitar: Lake Bled, Vintgar Gorge, Postojna Caves, Julian Alps, Triglav National Park…
Turistas por ano:  2,259,000

lithuania-tourism-europe3
Lituânia

Locais a visitar: Vilnius Old Town, Curonian Spit, Trakai Castle, Hill of Crosses, Aukštaitija National Park…
Turistas por ano:  2,012,000

malta-tourism-europe
Malta

Locais a visitar: Blue Grotto, Comino, Mdina Old City, Mnajdra, Hypogeum of Ħal-Saflieni…
Turistas por ano:  1,582,000

latvia-tourism-baltic-europe
Letónia

Locais a visitar: Gauja National Park, Old City Riga, Dzintari Forest Park, Lake Engure, Turaida Castle…
Turistas por ano:  1,536,000

montenegro-tourism-europe
Montenegro

Locais a visitar: Lake Skadar, Black Lake, Kotor Old City, Tara River Canyon, Lovćen National Park…
Turistas por ano:  1,324,000

yerevan-armenia-tourism-europe
Arménia

Locais a visitar: Geghard, Khor Virap, Tatev Monastery, Sevanavank, Mount Aragats…
Turistas por ano:  1,084,000

luxembourg-tourism-europe-vianden-castle
Luxemburgo

Locais a visitar: Upper Sûre National Park, Brock, Mullerthal Trail, Chateau de Vianden, Vianden…
Turistas por ano:  945,000

serbia-tourism-suva-planina
Sérvia

Locais a visitar: Belgrade Fortress, Petrovaradin Fortress, Great War Island, Avala, Palić Lake…
Turistas por ano:  922,000

iceland-tourism-hiking
Islândia

Locais a visitar: Blue Lagoon, Gullfoss, Golden Circle, Black Sand Beach, Reykjavik…
Turistas por ano: 800,000

bosnia-herzegovina-tourism-mostar
Bósnia e Herzegovina

Locais a visitar:  Stari Most, Kravice Falls, Bascarsija, Neretva River, Jahorina…
Turistas por ano:  Tourists Per Year: 529,000

macedonia-tourism-ohrid-kaneo
República da Macedónia

Locais a visitar: Lake Ohrid, National Park Galicica, Mountain of Vodno, Old Bazaar in Skopje, Marovo Lake…
Turistas por ano:  400,000

monaco-tourism-french-riviera
Mónaco

Locais a visitar:  Oceanographic Museum, Monte Carlo Harbor, Casino Square, Jardin Exotique de Monaco, Monaco Grand Prix…
Turistas por ano:  328,000

belarus-tourism-mir-castle
Bielorrúsia

Locais a visitar: Minsk, Białowieża Forest, Mir Castle, Brest Fortress, Khatyn Memorial…
Turistas por ano:  137,000

san-marino-tourism-italy-three-towers
São Marino

Locais a visitar: Mount Titan, Guaita, Cesta Tower, Palazzo Pubblico, De La Fratta…
Turistas por ano:  70,000

liechtenstein-tourism-europe
Liechtenstein

Locais a visitar: Vaduz Castle, Liechtenstein National Museum, Ski Region of Malbun, Postage Stamp Museum, Augstenberg…
Turistas por ano:  52,000

moldova-tourism-ocnita
Moldávia

Locais a visitar: Stefan cel Mare Park, Milestii Mici, Dendrarium Park, Victory Memorial and Eternal Flame, Pădurea Domnească…
Turistas por ano:    11,500

Alguns destes países são deslumbrantes e até nos levam a pensar como é possível não teres assim tantas visitas. Eu adorava visitar todos eles, e tu?

9 Coisas que nao deves fazer quando viajas

Eu adoro viajar mas desde cedo que percebi que viajar pode ser bastante dispendioso! No entanto fui aprendendo com a experiência que há sempre alguns truques que faço para economizar algum dinheiro. Neste post vou partilhar 9 coisas que não deves fazer quando viajas.

Quando chegas ao teu destino depois de uma viajem longa ou até de dias em aeroportos aquilo que tu mais queres é uma cama e boa comida. Então a minha primeira dica é:

Não comas em restaurantes perto das maiores atracções turísticas!

Porquê? Porque é extremamemnte caro e muitas das vezes basta andares 10 minutos para encontrares um restaurante a metade do preço. Para além disso o atendimento e a qualidade tendem a ser inferiores exactamente porque estão a lidar com turístas! Pessoas acabadinhas de chegar cheias de fome e achando tudo um espectáculo merecedores de selfies e stories do local. Depois de comeres e saíres, a probabilidade de lá voltares é mínima e por isso mesmo estes restaurantes não sentem a necessidade de serem mais e melhores.

Não troques moeda no aeroporto!

Isto é algo que me tira do sério, talvez por viver em Inglaterra e ir várias vezes a Portugal sempre achei uma falcatrua o dinheiro que se perde nestas conversões.

A minha dica é que uses o teu cartão bancário ou se tiveres que levantar dinheiro faz num balcão de um banco porque as taxas vão ser um pouco mais justas do que no aeroporto.

Não pagues custos de transacção!

Existem cartões de crédito específicos para viajantes em que não se pagam custos de transacção. Se viajas muito vale a pena dares uma vista de olhos nestes cartões pois pode ser uma boa oportunidade de poupares. Para além disso tenho que vos alertar para as caixas multibanco! Aqui em Inglaterra há caixas que cobram o levantamento de dinheiro por isso tem atenção e dá preferência ás caixas que dizer “Free Withdraw” ou “Free Money”.

Cuidado com os motores de pesquisa!

O que não falta para aí são sites de viagens e não, não estou a falar mal deles, o que estou a querer dizer é que por vezes eles não são assim tão tranparentes e vale sempre a pena dar uma olhadela no site oficial do que estás à procura. Por exemplo, queres comprar uma viagem de avião para Heathrow, Londres, podes pesquisar sites de pesquisa como SkyScanner, eDreams, Momondo mas também podes (e eu faço sempre isso) pesquisar directamente no site da TAP ou British Airways. Falo aqui nas viajens de avião mas isto também de aplica a hotéis, restaurantes, etc

Não passes sem os Seguros de viagem!

Dependendo de onde vais acho que deves considerar comprar um seguro de viagem. Eu nunca tenho seguro nas minhas viagens entre Portugal e Inglaterra mas se eu estivesse a planear uma viagem para a Indonésia, Brasil ou África do Sul, com certeza que eu iria adquirir um. Os seguros de viagem podem cobrir as despesas de malas desaparecidas, gastos médicos ou até ajuda em caso de uma catástrofe natural.

Não descartes Hostels!

Hostels ou como quem diz pousadas da juventude estão imersos num estigma enorme que foi contruído ao longo dos anos. Vá lá, de certeza que já ouviste dizer que os hostels têm condições mínimas e são frequentados por viajantes de pé descalso e mal cheirosos. Eu não posso falar de todos os hostels do mundo mas posso dizer que todos os hostels que já visitei eram muito limpinhos e arrumados, muitos deles com direito a Wi-Fi, sala de jogos, computadores e até piscina. Até me atrevo a dizer que já estive em Hostels bem melhores que Hotéis. Eles são bem mais baratos que os hotéis, ficam bem localizados e há sempre a opção de ter um quarto privado.

Não andes de taxi!

Os taxis são extremamente caros nas grandes cidades e esta é uma boa oportunidade de estudares bem a cidade, ver quais são os transportes públicos que precisas e ainda vais poupar uma pipa de massa para gastares em souvenirs. Dica: Se estiveres em Londres podes sempre comprar um bilhete de 24h para o Citi Sightseeing, este é um autocarro turístico que te leva aos principais pontos turísticos da cidade, podes ouvir a história e ainda podes descer e apanhar o autocarro as vezes que quiseres. Se quiseres ir para além da rota do sightseeing podes andar de metro com o Oyster Card.

Não faças reservas com muita antecedência!

Comprar uma viagem de avião 6 meses antes é algo meio surreal para mim… Normalmente eu compro as minhas viagens de avião 1 mês antes e outros transportes não mais de uma semana antes. Eu sei que se a viagem for muito grande é bom ter tudo programado o quanto antes mas não te esqueças que normalmente os primeiros a comprar gastam mais. As companhias aereas começam a fazer deals 3 meses antes pois é do interesse deles que a lotação fiquei cheia.

Não ignores os Pontos Turísticos!

Se és como eu gostas de pesquisar tudo sobre o local que vais viajar mas isso não é tudo, há sempre muita coisa que te escapa como festivais, feiras locais, oportunidades e outras coisas que só encontras nos pontos de turísmo local. Vale sempre a pena passar por lá e pedir umas dicas.

E estas foram as dicas, tenho a certeza que a tua próxima viagem vai ser bem mais planeada.