9 Coisas que nao deves fazer quando viajas

Eu adoro viajar mas desde cedo que percebi que viajar pode ser bastante dispendioso! No entanto fui aprendendo com a experiência que há sempre alguns truques que faço para economizar algum dinheiro. Neste post vou partilhar 9 coisas que não deves fazer quando viajas.

Quando chegas ao teu destino depois de uma viajem longa ou até de dias em aeroportos aquilo que tu mais queres é uma cama e boa comida. Então a minha primeira dica é:

Não comas em restaurantes perto das maiores atracções turísticas!

Porquê? Porque é extremamemnte caro e muitas das vezes basta andares 10 minutos para encontrares um restaurante a metade do preço. Para além disso o atendimento e a qualidade tendem a ser inferiores exactamente porque estão a lidar com turístas! Pessoas acabadinhas de chegar cheias de fome e achando tudo um espectáculo merecedores de selfies e stories do local. Depois de comeres e saíres, a probabilidade de lá voltares é mínima e por isso mesmo estes restaurantes não sentem a necessidade de serem mais e melhores.

Não troques moeda no aeroporto!

Isto é algo que me tira do sério, talvez por viver em Inglaterra e ir várias vezes a Portugal sempre achei uma falcatrua o dinheiro que se perde nestas conversões.

A minha dica é que uses o teu cartão bancário ou se tiveres que levantar dinheiro faz num balcão de um banco porque as taxas vão ser um pouco mais justas do que no aeroporto.

Não pagues custos de transacção!

Existem cartões de crédito específicos para viajantes em que não se pagam custos de transacção. Se viajas muito vale a pena dares uma vista de olhos nestes cartões pois pode ser uma boa oportunidade de poupares. Para além disso tenho que vos alertar para as caixas multibanco! Aqui em Inglaterra há caixas que cobram o levantamento de dinheiro por isso tem atenção e dá preferência ás caixas que dizer “Free Withdraw” ou “Free Money”.

Cuidado com os motores de pesquisa!

O que não falta para aí são sites de viagens e não, não estou a falar mal deles, o que estou a querer dizer é que por vezes eles não são assim tão tranparentes e vale sempre a pena dar uma olhadela no site oficial do que estás à procura. Por exemplo, queres comprar uma viagem de avião para Heathrow, Londres, podes pesquisar sites de pesquisa como SkyScanner, eDreams, Momondo mas também podes (e eu faço sempre isso) pesquisar directamente no site da TAP ou British Airways. Falo aqui nas viajens de avião mas isto também de aplica a hotéis, restaurantes, etc

Não passes sem os Seguros de viagem!

Dependendo de onde vais acho que deves considerar comprar um seguro de viagem. Eu nunca tenho seguro nas minhas viagens entre Portugal e Inglaterra mas se eu estivesse a planear uma viagem para a Indonésia, Brasil ou África do Sul, com certeza que eu iria adquirir um. Os seguros de viagem podem cobrir as despesas de malas desaparecidas, gastos médicos ou até ajuda em caso de uma catástrofe natural.

Não descartes Hostels!

Hostels ou como quem diz pousadas da juventude estão imersos num estigma enorme que foi contruído ao longo dos anos. Vá lá, de certeza que já ouviste dizer que os hostels têm condições mínimas e são frequentados por viajantes de pé descalso e mal cheirosos. Eu não posso falar de todos os hostels do mundo mas posso dizer que todos os hostels que já visitei eram muito limpinhos e arrumados, muitos deles com direito a Wi-Fi, sala de jogos, computadores e até piscina. Até me atrevo a dizer que já estive em Hostels bem melhores que Hotéis. Eles são bem mais baratos que os hotéis, ficam bem localizados e há sempre a opção de ter um quarto privado.

Não andes de taxi!

Os taxis são extremamente caros nas grandes cidades e esta é uma boa oportunidade de estudares bem a cidade, ver quais são os transportes públicos que precisas e ainda vais poupar uma pipa de massa para gastares em souvenirs. Dica: Se estiveres em Londres podes sempre comprar um bilhete de 24h para o Citi Sightseeing, este é um autocarro turístico que te leva aos principais pontos turísticos da cidade, podes ouvir a história e ainda podes descer e apanhar o autocarro as vezes que quiseres. Se quiseres ir para além da rota do sightseeing podes andar de metro com o Oyster Card.

Não faças reservas com muita antecedência!

Comprar uma viagem de avião 6 meses antes é algo meio surreal para mim… Normalmente eu compro as minhas viagens de avião 1 mês antes e outros transportes não mais de uma semana antes. Eu sei que se a viagem for muito grande é bom ter tudo programado o quanto antes mas não te esqueças que normalmente os primeiros a comprar gastam mais. As companhias aereas começam a fazer deals 3 meses antes pois é do interesse deles que a lotação fiquei cheia.

Não ignores os Pontos Turísticos!

Se és como eu gostas de pesquisar tudo sobre o local que vais viajar mas isso não é tudo, há sempre muita coisa que te escapa como festivais, feiras locais, oportunidades e outras coisas que só encontras nos pontos de turísmo local. Vale sempre a pena passar por lá e pedir umas dicas.

E estas foram as dicas, tenho a certeza que a tua próxima viagem vai ser bem mais planeada.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s